big bang 2
1
dez

Espelho D’Alma

Onde mora
A cara de menina na moça
Cuja meninice já vai longe?

Marota,
sempre sorriu muito
E seu rosto entrega o bem vivido

Ela ri
Despudorada e solta
Mas é riso de dama madura
Que menina desconhece

A cara de menina da dona
Mora em dois pontos pequeninos
De energia imanente,
Suas meninas dos olhos:
Eternamente
A um instante
Da explosão
Original

Flávia Ferraz

olho3

Veja também

Comentários