Rede
2
jan

Tempo comum

É janeiro.

É o meu quadragésimo janeiro! No de estreia passei meus primeiros 28 dias de vida.

Sim, sou de janeiro. E pra mim, tudo é pra já. Menos janeiro.

Em janeiro se descansa. Mesmo quem não está de férias. O ano não começou de fato. O réveillon  é mera ilusão.

Depois da seqüência incessante de festas e comemorações de fim de ano, chega-se ao limbo. Janeiro é algo que não é nem o ano que passou, nem o que vai ser.

Então, janeiro tem um gostinho bom. As esperanças não precisam nem ser criadas, porque isto foi trabalho para dezembro, e podem todas permanecer esperanças, pois ainda restam onze meses para os desejos se realizarem. Pra que a pressa?

Em janeiro, chove. Quem é de Belo Horizonte sabe bem. E chuva é aquela condição climática que, por mais desejável que seja – e assim tem sido, nestes tempos de seca -, exige do ser humano sobretudo paciência.

Ainda bem que em janeiro os engarrafamentos migram para Búzios, Guarapari, Cabo Frio, Ubatuba. O trânsito flui, como as ideias. Ainda bem. Porque chuva com engarrafamento é o fim do mundo e janeiro de fim do mundo não tem nada. Fim do mundo é dezembro.

E quando a gente viaja também é janeiro.

Pois em janeiro se descansa. E não é qualquer engarrafamentozinho que vai tirar o bom humor da gente, se é janeiro.

Nem no calendário litúrgico – que apressadinho começa antes de o ano acabar – janeiro tem destaque. É Tempo Comum!

E que bom, porque a vida não é só feita de datas cheias de pompa e circunstância. Está certo que em janeiro faço aniversário, tão cedo que ainda é Tempo de Natal. Mas logo depois chega o tempo de respirar com calma, de ver a beleza das coisas mais simples, de levar a rotina de um jeito mais leve, de sentir gratidão pelo dom de viver. Tempo comum.

Viva janeiro!

Flávia Ferraz

Família nos primeiros minutos de janeiro!

Família nos primeiros minutos deste janeiro!

O Amaranto quer agradecer a todos que nos acompanham e que nos ajudam a divulgar e preservar a boa música brasileira. Obrigada!

FELIZ 2015!!!

Este ano, vamos precisar de todo mundo… Novidades em breve!

Feliz 2015 - Amaranto

Veja também

Comentários